Conheça as vantagens e desvantagens de mudar para um banco digital!

Você está pensando em mudar para um banco digital? Continue a leitura e algumas vantagens e desvantagens de migrar suas finanças para o online.



Anúncios



Publicidade

Vantagens e desvantagens do banco digital

vantagens e desvantagens do banco digital

Você é correntista há muito tempo de um banco tradicional, e está pensando em mudar para um banco digital?

Por que você faria essa troca? Comodidade? Custo? Praticidade? Antes de fazer essa mudança, é preciso saber se realmente ela atenderá suas expectativas.

Por isso, separamos neste artigo algumas vantagens e desvantagens em mudar para um banco digital. Dá só uma conferida.

Desvantagens de um banco digital

Vamos começar falando das desvantagens de um banco digital. A principal delas talvez seja a falta de segurança, ou até mesmo de confiança neles.



Publicidade

Quando falamos em segurança, não estamos nos referindo à segurança digital, que praticamente todos os bancos digitais já possuem.



Anúncios

Mas, sim na solidez da organização, afinal, a maioria dos bancos digitais é novo, e ainda não sabemos se poderá haver falências ou não.

Alguns, inclusive, chegam a operar no prejuízo por alguns períodos, o que faz aumentar ainda mais a desconfiança sobre a solidez.

Além disso, quem é menos acostumado com a tecnologia também tem mais dificuldade em resolver um problema online, e nesse caso o atendimento físico torna-se vantajoso.


Veja também:


Vantagens do banco digital

Apesar de ter algumas desvantagens, os bancos digitais apresentam inúmeras vantagens para os seus clientes.

A primeira está relacionada ao custo. Pois, a maioria das contas digitais não possui taxa de mensalidade nem tampouco taxa de abertura de conta.

Além disso, é possível ter também um cartão de crédito sem anuidade nesses bancos. Fora que todos os serviços também são praticamente gratuitos.

Por exemplo, no C6 Bank, que é um banco digital, você tem transferências ilimitadas para fazer no mês, além de poder depositar, sacar, pagar boletos, dentre tantos outros serviços.

Um outro ponto positivo dos bancos digitais também é a praticidade. Pois, você pode fazer o controle de forma intuitiva pelo smartphone. Então, não importa onde esteja, você irá conseguir resolver todos os problemas que precisa na palma da sua mão.

Além disso, grande parte dos bancos digitais oferecem uma boa rentabilidade do dinheiro que fica lá parado, com liquidez diária. Esse é o caso do Banco Pan.

Só para ilustrar, qualquer dinheiro parado no banco Pan rende 111% da Taxa DI. No PicPay, que é uma carteira digital, a rentabilidade é de 210% do DI.

Mas, afinal, vale a pena mudar de banco?

Conforme você pode observar, existem vantagens e desvantagens em mudar para um banco digital. Por isso, antes de pensar nessa troca, veja se você tem familiaridade com a tecnologia. Contudo, você pode fazer a transição gradual.

Ou seja, abrir uma conta em um banco digital e começar a movimentá-la. Conforme você vai se adaptando, você passa a parar de movimentar a sua conta no banco tradicional.

A verdade é que até os bancos tradicionais já estão começando a se digitalizar. Pois, afinal, essa é uma tendência que certamente irá crescer.

Só para ter uma ideia, o Santander adquiriu o SuperDigital, o Bradesco fundou o Next, e a Caixa Federal já anunciou que no próximo ano terá o seu banco digital.

Além disso, instituições como BMG e Banco Pan também mudaram a estratégia de atuação e tornaram-se bancos digitais recentemente.

Portanto, essa é uma tendência que certamente veio para ficar.  Mas, antes de embarcar de cabeça nessa, abra uma conta em um banco como o C6 Bank, Inter ou Nubank para você ir se adaptando à essa nova realidade. Até porque não custa nada.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhá-lo com seus amigos e parentes nas redes sociais.